BOTUCATU 13/03/2019 20:43

Prefeito Pardini decreta luto oficial no Município por tragédia em Suzano

Foto: Divulgação

O Prefeito de Botucatu, Mário Pardini decretou na tarde desta quarta-feira, 13, luto oficial de três dias no Município, em respeito às vitimas da tragédia ocorrida em uma escola da cidade de Suzano, na grande São Paulo.

Segundo as primeiras informações, um jovem de 25 anos e um adolescente de 17 invadiram a Escola Estadual Raul Brasil e alvejaram com tiros de armas de fogo alunos e profissionais da unidade escolar. Após o ato, eles se suicidaram.

As repartições públicas municipais, incluindo o Paço Municipal, estarão com as bandeiras de Botucatu, do Estado de São Paulo e do Brasil, hasteadas a meio mastro.

A Prefeitura de Botucatu se solidariza com os familiares e amigos das vítimas e toda a população da cidade de Suzano.

Tragédia

Na manhã desta quarta-feira (13), um adolescente e um homem encapuzados atacaram a Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano (SP), e mataram sete pessoas, sendo cinco alunos e duas funcionárias do colégio. Em seguida, um dos assassinos atirou no comparsa e, então, se suicidou. Pouco antes do massacre, a dupla havia matado o proprietário de uma loja da região.

Os assassinos – Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, de 25 – ram ex-alunos do colégio. A polícia diz que os dois tinham um "pacto" segundo o qual cometeriam o crime e depois se suicidariam.

Cinco dos mortos são alunos do ensino médio, com idade entre 15 e 17 anos, de acordo com o secretário de Segurança Pública de São Paulo. Entre as vítimas, há ainda duas funcionárias do colégio, uma delas a coordenadora. 

(com G1)