RUBIÃO JÚNIOR 10/11/2017 13:20

Acampamento de sem-tetos fica sem água após denúncia de ligação clandestina

Foto:Arquivo/Agência14News

Sem-tetos ficaram sem água nesta sexta-feira (10) após a polícia e a Sabesp terem cessado o fornecimento em dois acampamentos existentes no distrito de Rubião Júnior, em Botucatu (SP).

De acordo com informações, um dos acampamentos está entre a Caio e o Hospital Dia de Aids onde existem 50 famílias, segundo informa a organização e no outro ao lado do entreposto do Ceagesp mais 35.

A organização diz que tentou os meios legais para ultrapassar a burocracia, pois pede-se croqui do terreno-imóvel para fazer as ligações, o que o acampamento não tem, e por isso pediram intervenção do Ministério Público no caso.

Um dos líderes do movimento chegou a ser encaminhado à delegacia da Polícia Civil na Vila dos Lavradores onde foi ouvido e liberado no começo da tarde desta sexta-feira (10) diante da apuração de furto de água.

"Queremos que legalizem a água para que cada família pague pela sua conta", afirmou Denis Gonçalves Leonel.

A Polícia e a Sabesp também foram procuradas pela reportagem do Agência14News para falarem sobre o assunto. "O caso foi registrado para identificarmos o responsável pela ligação clandestina", informou o delegado Marcos Mores da Segunda Central da Polícia Civil.

 

Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news

(Do Agência14News)