POWER RACING NEWS 28/11/2017 08:53

Fórmula 1, despedida de Felipe Massa, semana da indústria automobilística e 'História da Indústria Automobilística Nacional'

Fórmula 1 em Abu Dhabi, Despedida de Felipe Massa da F-1, semana da indústria automobilística, “História da Indústria Automobilística Nacional” e “Volta Rápida”

F-1 encerra temporada correndo em Abu Dhabi com vitória de Bottas e despedida de Massa

Terceiro no mundial de 2017 em seu primeiro ano na equipe Mercedes, Valtteri Bottas venceu pela terceira vez no ano e na carreira neste domingo (26) no GP de Abu Dhabi.

Largando na pole position, ele utilizou a vantagem obtida na classificação para manter a liderança frente ao parceiro tetracampeão Lewis Hamilton.

Hamilton se manteve próximo a Bottas durante a corrida toda. No entanto, Valtteri não deixou que o companheiro o atacasse apesar de algumas investidas de Hamilton.

O #44 teve de se contentar com o segundo posto após as 55 voltas da prova.

Sebastian Vettel não pôde fazer melhor que um terceiro lugar. O piloto foi prejudicado pelo ritmo aquém da Ferrari em relação à Mercedes e fez corrida solitária para completar o pódio. Kimi Raikkonen foi o quarto, com Max Verstappen em quinto.

Atrás das três equipes grandes, Nico Hulkenberg conquistou um importantíssimo sexto lugar para a equipe Renault. Com o resultado, o piloto alemão somou oito pontos e fez o time francês ultrapassar a Toro Rosso no campeonato de construtores pelo sexto posto, com 57 pontos a 53.

Em sua última corrida na Fórmula 1, Felipe Massa saiu de décimo e segurou a posição até os abandonos de Daniel Ricciardo e Carlos Sainz, ele conseguiu finalizar ainda em décimo e somar um ponto.

Já Hulkenberg, por uma ultrapassagem por fora da pista em Perez na volta 1, Hulk acabou sendo punido em cinco segundos pela direção de prova e os cumpriu em sua parada de box.

Nas primeiras voltas, a única disputa foi entre Lance Stroll e Romain Grosjean pelo 13º lugar. O francês, depois de muita luta, passou pelo canadense, que foi ao box.

Após o início dos pit stops, Ricciardo foi o primeiro a abandonar. Depois de tocar no guard-rail e perder um pedaço da asa dianteira, ele acabou sofrendo uma falha hidráulica em seu Red Bull.

Depois das paradas, Hamilton passou a atacar Bottas pelo primeiro lugar, enquanto Vettel ficou para trás sem um ritmo tão bom quanto o das Mercedes. Massa perdeu sua posição para Alonso.

Na volta 32, Carlos Sainz saiu dos pits com uma das rodas de sua Renault solta e foi obrigado a abandonar.

Com as paradas realizadas, o top-10 ficou Bottas, Hamilton, Vettel, Raikkonen, Verstappen, Hulkenberg, Perez, Ocon, Alonso e Massa.

A partir daí, pouco ocorreu na prova. Bottas respondeu às investidas de Hamilton e garantiu sua terceira vitória em 2017.

Uma incógnita dessa corrida foi Lance Stroll. A Willians, por mais que tentasse, não consegue descobrir o que aconteceu com o FW40 #18 na prova. Stroll terminou em último. Um desempenho ridículo e sem explicação. A explicação pode ser falta de competência

           TOP TEN da corrida

Pos.                Piloto                                     Equipe

  1                   Valtteri Bottas                         Mercedes

  2                   Lewis Hamilton                      Mercedes

  3                    Sebastien Vettel                     Ferrari

  4                    Kimi Raikkonen                     Ferrari

  5                    Max Verstapen                      Red Bull/Renault

  6                    Nico Hulkenberg                    Renault

  7                    Sergio Perez                          Force India/Mercedes

  8                    Esteban Ocon                        Force India/Mercedes

  9                    Fernando Alonso                    McLaren/Honda

10                    Felipe Massa                          Willians/Mercedes

                                  

A temporada de 2018 da Fórmula 1 começa em 25 de março, na Austrália.

A semana do mercado automobilístico

            E-Pace é o nome do utilitário esportivo da Jaguar, que já tem sua pré-venda no Brasil a R$ 222.300,00 iniciais.

            Derivada do Jaguar F-Type, superesportivo da marca, o E-Pace chega ao mercado para ser uma opção mais dinâmica ao Land Rover Evoque, seu “irmão” mais velho.

            O E-Pace tem a sua disposição os motores 2.0 turbo de 249 cv e o 3.2 de 300cv, que equipa a versão top, a um custo de R$ 278.080,00.

            Equipamentos como câmbio automático, ar condicionado digital de 2 zonas, painel virtual, airbags, bancos com ajustes elétricos, sistema multimídia de ultima geração e câmera que cobre 360° são de série no E-Pace. Mas, depende da versão a qual se escolhe.

            Apesar de compacto, o E-Pace tem um excelente porta malas, com capacidade para 577 litros de bagagem.

            A Ford atualizou o design do hatch compacto, Fiesta. A principal novidade é a frente, totalmente modificada, com a troca da grade dianteira, conjunto faróis/setas, parachoque dianteiro e faróis auxiliares. A frente ficou muito parecida com seu irmão maior, Ford Fusion.

            Atrás, apenas as lanternas traseiras receberam uma atualização, e agora são parcialmente de LEDs.

            Internamente, o Fiesta recebeu um novo console central, que comporta a nova central multimídia, maior e mais atual.

            Agora, seus valores subiram: a versão de entrada, SE, com motor 1.6 e rodas aro 16” custa R$ 59.590,00. A SE Plus, com câmbio automático, sai por R$ 62.390,00. A SEL, com câmbio manual sai por R$ 61.090,00 e com automático, R$ 65.390,00. A Titanium, top de linha, ganhou bancos em couro e sai por R$ 71.790,00 com câmbio manual e R$ 75.190,00 com automático.

            A Ford promete uma média de consumo cidade/estrada de 12 km/l, com gasolina, ou 9 km/l com etanol.

 

“História da Indústria Automobilística Nacional”

Miura – o esportivo de luxo brasileiro

Criada pela Besson, Gobbi S/A e fundada em 1976, a Miura teve suas atividades encerradas em 1992, quando da abertura do mercado nacional aos veículos importados.

Focou sua produção em modelos esportivos, geralmente dotados de mecânica Volkswagen, montados sob chassi tubular e carrocerias em fibra de vidro com desenhos próprios. Foi pioneira na apresentação do sistema de Freios ABS em 1990.

A Besson, Gobbi S/A fabricou também um buggy, com a marca Galgo, lançado em 1985.

Apesar de ter fechado em 1992, a empresa recebeu encomendas até 1995, quando parou de vender a picape BG Truck.

Em 2007 a marca Miura foi adquirida da massa falida de Besson, Gobbi S/A, pela empresa Rangel & Lima Indústria de Veículos Ltda, que a partir de então começou a trabalhar em dois novos modelos, o Miura M1 e o Miura M2.

O projeto do Miura M1 foi apresentado em 07 de dezembro de 2007, em um evento organizado pela Rangel & Lima Indústria de Veículos Ltda, para comemorar os 30 anos da marca.

Seu protótipo vem sendo desenvolvido em parceria com a empresa Autosfibra, de Santa Catarina, com previsão de lançamento para 2018.

Já o Miura M2, teve seu projeto apresentado em 20 de junho de 2014, e seu protótipo também vem sendo desenvolvido em parceria com a empresa Autosfibra.

É equipado com motor V8 e a previsão de lançamento é 2020.

O Miura original, foi fabricado em várias versões, listadas abaixo.

Modelos                    Anos de fabricação

Miura Sport                1977 a 1979

Miura Sport II

Miura MTS                 1981 a ?

Miura Targa                1982 a 1988

Miura Spider               1983 a 1988

Miura Kabrio               1984 a 1985

Miura Saga                 1984 a 1988

Miura 787                   1986 a 1990

Miura X8                     1987 a 1990

Miura Saga II              1988 a 1992

Miura Top Sport         1989 a 1992

Miura X11                   1990 a 1992

Miura BG / Truck CD    1993 a 1997

Fonte: Wikipedia

 

Volta Rápida

- Felipe Massa, que se despediu oficialmente no domingo (26) da F-1, espera que a Williams escolha alguém pelo talento e não por outros fatores, como patrocinadores, quando a equipe decidir quem vai ocupar sua vaga. Atualmente, a equipe tem uma lista com poucos nomes, onde se destacam Robert Kubica e Paul di Resta, sendo que o piloto polonês está na ‘pole position’ pelo lugar. A estes dois nomes ainda se juntam Daniil Kvyat e Pascal Wehrlein, mas que sofrem com a idade, já que a Martini, patrocinadora da Williams, obriga a que exista pelo menos um piloto com mais de 25 anos.

“Estou certo de que eles precisam ter um bom piloto para me substituir, caso contrário, não será muito bom. Ás vezes o talento não conta em comparação com outras coisas. É assim que às vezes funciona. Infelizmente, pode ser uma pena, mas é a Fórmula 1. Felizmente, não em todas as equipes”. Mas a preocupação, não só de Felipe Massa, mas de quase todos da categoria é com as reais condições físicas de Kubica. Depois do grave acidente que sofreu em uma prova de rali, Kubica ficou com uma sequela no antebraço direito, cuja mobilidade está comprometida. O receio é de que se o piloto precisar executar uma manobra brusca, se conseguira por conta dessa falta de mobilidade. A melhor opção para a Willians seria Di Resta mas, Kubica possui patrocinadores fortes e, digamos, vitalícios, que podem injetar um bom dinheiro na equipe.

- Com o final da parceria McLaren-Honda, Fernando Alonso expressou o seu orgulho no projeto que teve três anos de duração.

O espanhol, ao longo destas temporadas, fez mais críticas do que elogios à construtora japonesa, mas, agora, destacou que, apesar das dificuldades enfrentadas na pista, a parceria serviu para mostrar o trabalho duro de todas as partes.

“Foi uma corrida importante para nós. Era a última deste projeto e queríamos terminá-lo de uma forma boa. Foi uma temporada difícil e três anos duros para nós, mas, mesmo assim, sinto-me orgulhoso deste projeto. Não tivemos sucesso em termos de resultados e as performances foram abaixo das expectativas, mas, ainda assim, todos lutaram e trabalharam muito. Agora que vamos caminhar em direções separadas, desejamos o melhor para a Honda e boa sorte para o projeto McLaren-Renault. Agora é um novo capítulo para todos nós”.

Em 2018, a McLaren passará a ser cliente da Renault, enquanto a Honda fornecerá motores à Toro Rosso.

- Jean Todt desmentiu os últimos rumores de que o halo seria abandonado ainda antes do início da temporada de 2018.

No teste feito em Abu Dhabi, Valtteri Bottas não conseguiu sair do carro equipado com o halo dentro dos 7 segundos exigidos. A isso juntam-se as preocupações existentes com a estética e o peso extra que tornará os carros do próximo ano mais lentos, o que levou ao aparecimento de rumores de que o halo poderia ser cancelado.

“Não há como desistir. O halo chegou para ficar. Porquê? Porque se tornou um item incrível para a segurança. Estou fascinado com o que tem sido escrito sobre ele. O halo simplesmente faz parte da continuidade natural da Fórmula 1. É claro que também não precisa de ser a palavra final. Se encontrarmos uma solução melhor, ela será introduzida”, disse Todt.

- A Ferrari ameaçou sair da Fórmula 1 caso o regulamento dos motores a partir de 2021 fosse o apresentado.

Jean Todt, presidente da FIA e antigo chefe da Ferrari, sabe que o cenário preocupa, mas que cabe a cada equipe decidir o seu futuro.

“Estou preocupado por pensar que a Ferrari ou a Mercedes possam sair, mas é uma escolha deles. O que é certo é que não queremos ninguém saindo. A Ferrari é uma marca icónica. Eles fazem parte da F1 desde o seu início, é por isso que não os quero ver sair. Não estou certo que sair da F1 seja o melhor para a Ferrari, seria doloroso também para eles não estarem aqui. Mas não seria minha responsabilidade”, disse Todt.

Todt revelou ainda que, quando chegou à presidência da FIA, questionou as equipes se queriam que fossem mantidas as regalias financeiras que tem para com a Ferrari, ficando surpreendido com a resposta.

“Perguntei às equipes o que queriam fazer em relação a estes apoios e surpreendentemente todas concordaram em mantê-los. Tinha de pedir a opinião deles sobre isto e, se eles quiserem discutir o assunto no futuro, estarei cá para os ouvir”, comentou.

- A Liberty Media, dona da F-1, apresentou em Abu Dhabi, após o encerramento da temporada, o novo logotipo da categoria.

O novo logo pretende mostrar a modernidade da F1, e era uma necessidade, segundo Sean Bratches.

“Uma série de marcas estão tentando simplificar os seus logos para entrar no espaço digital. Olhe para a Starbucks, ou a Coca Cola, que fizeram isso para entrar na era digital. Nós sentimos que tivemos que ir um pouco mais para frente e reformular completamente para termos uma boa base para o futuro”.

A chefe de marketing da F1, Ellie Norman, disse que o design do logotipo foi baseado em dois carros em luta para chegar primeiro à linha de chegada.

Mas os astros da categorias, os pilotos, não receberam muito bem esse novo logo.

“Eu acho que o que tínhamos já era um logotipo icónico. Imaginem a Ferrari ou a Mercedes mudarem o seu logotipo. Eu acho que o novo não é tão icónico, mas talvez ele cresça em nós”, disse Hamilton.

Sebastian Vettel também não gostou: “Eu gostava mais do velho”.

Já Valtteri Bottas questionou o porquê da mudança: “O que estava errado com o antigo?”.

 

Fale conosco, estamos esperando sua sugestão sobre matérias, críticas e comentários. Você, amigo leitor, é nosso principal combustível. Esta coluna é feita para você. Nosso e-mail à sua disposição 24 horas, 7 dias por semana é motor14news@gmail.com.

 

Uma boa semana, automaníacos. Até a próxima.

 

“Vou começar a procurar um novo emprego.”  Felipe Massa, brincando sobre sua aposentadoria da F-1

 

Reinaldo dos Santos Filho mora em São Manuel/SP, tem 49 anos, é jornalista especializado em automobilismo, administrador de empresas, escritor, piloto profissional e motociclista. Pai do Thiago Augusto, Roberta, Luís Guilherme e Giovanna.

Matéria sob responsabilidade do autor (Mtb 82.886/SP)

colunistas

POWER RACING NEWS 12/12/2017 09:03
REINALDO FILHO 05/12/2017 10:15
POWER RACING NEWS 21/11/2017 08:31
REINALDO FILHO 07/11/2017 09:16
POWER RACING NEWS 31/10/2017 09:55
POWER RACING NEWS 23/10/2017 22:14
POWER RACING NEWS 17/10/2017 08:45
POWER RACING NEWS 10/10/2017 09:14
POWER RACING NEWS 02/10/2017 20:45
POWER RACING NEWS 19/09/2017 09:01
POWER RACING NEWS 12/09/2017 08:41
POWER RACING NEWS 05/09/2017 10:09
POWER RACING NEWS 29/08/2017 10:33
POWER RACING NEWS 22/08/2017 09:24
POWER RACING NEWS 08/08/2017 08:24
POWER RACING NEWS 01/08/2017 13:39
POWER RACING NEWS 25/07/2017 09:29
POWER RACING NEWS 17/07/2017 22:06
POWER RACING NEWS 11/07/2017 08:52
POWER RACING NEWS 04/07/2017 10:42
Colunista 123