REINALDO FILHO 18/09/2018 09:56

Fórmula 1, IndyCar, Nascar CUP e Volta Rápida. É a Power Racing acelerando

Lewis Hamilton vence de ponta a ponta em Singapura

Lewis Hamilton era o grande favorito a mais um triunfo em Singapura neste domingo (16), principalmente após conseguir uma pole position digna de Ayrton Senna no sábado (15).

E como previsto, o piloto da Mercedes não teve grandes dificuldades em vencer pela 69ª vez na carreira, depois que a Ferrari tentou fazer uma estratégia diferente e viu Sebastian Vettel "preso" atrás de Sérgio Pérez e perder também a segunda colocação para Max Verstappen.

O inglês entrou nos pits logo depois, mas mudando para pneus macios, conseguindo completar a corrida sem mudar seu ritmo, ao contrário de seu rival alemão que nunca conseguiu avançar e não podia desgastar os pneus ultramacios.

No final, Hamilton cruzou a linha de chegada com tranquilidade, com Verstappen a mais de oito segundos atrás.

Valtteri Bottas, Kimi Raikkonen e Daniel Ricciardo completaram o top-6, protagonizando uma das poucas brigas "limpas" por posições.

Fernando Alonso terminou em sétimo, sendo o melhor entre aqueles que não fazem parte das melhores equipes do campeonato.

Mas o ponto negativo da prova foi o acidente envolvendo os dois pilotos da Force India logo no início, com Esteban Ocon levando a pior, sendo jogado no muro pelo seu companheiro de equipe, Sergio Perez.

Outro momento importante foi quando Hamilton teve que tomar cuidado para ultrapassar Romain Grosjean e Sergey Sirotkin, com ambos brigando por posições. O francês tomou cinco segundos de punição por ignorar as bandeiras azuis.

Hamilton largou bem e pulou à frente, com Verstappen sendo superado por Vettel nas primeiras curvas. Com o acidente entre os dois Force India, o safety car entrou na pista para que o carro de Ocon fosse retirado e a pista limpa.

A direção de prova chegou a investigar o incidente, mas não puniu ninguém.

Na relargada, que aconteceu na quinta volta, Hamilton conseguiu manter a ponta com tranquilidade, seguido de Vettel, Verstappen, Bottas, Raikkonen e Ricciardo.

Aos poucos, Hamilton abria em relação a Vettel, chegando a três segundos de diferença na volta 15.

Com isso, o alemão da Ferrari foi o primeiro a parar, onde a equipe errou colocando pneus ultramacios.

A Mercedes não quis esperar e colocou pneus macios em Hamilton na volta 16.

Verstappen fez o mesmo duas voltas depois. Raikkonen, que havia herdado a liderança, também optou pelos macios na 23ª.

Após a parada de Ricciardo, Hamilton voltou à liderança na 28ª volta, com Verstappen a quase cinco segundos atrás.

Vettel estava a três segundos do holandês e podendo ter que parar mais uma vez, o que demonstrou a ineficácia da estratégia da Ferrari, que errou na estratégia de parada tão cedo.

Com pouca movimentação entre os ponteiros, o foco da prova foi para a briga entre Pérez e Sirotkin pela 13ª posição.

O mexicano perdeu a paciência com o russo, tocou no piloto da Williams, mas acabou levando a pior, com um pneu furado.

A disputa entre Grosjean e Sirotkin acabou interferindo na luta pela liderança. Ambos estava à frente de Hamilton, que daria uma volta sobre eles. Isso acabou reduzindo a diferença para Verstappen drasticamente, mas sem mudanças. Pouco depois, o inglês voltava a abrir boa diferença sobre o piloto da Red Bull.

Pelo incidente com Sirotkin, Pérez teve que fazer um drive-through e o cumpriu na 41ª volta. Os comissários entenderam que Grosjean ignorou as bandeiras azuis enquanto lutava por posição e foi punido em 5 segundos. 

Nas voltas finais, Bottas e Raikkonen lutavam pela quarta colocação e Ricciardo assistia de perto, mas nada mudou.

Ao final, Hamilton venceu GP de Singapura, seguido de Verstappen e Vettel. Com essa vitória, Hamilton está 40 a frente de Vettel na disputa pelo mundial.

Dia 30 de setembro será a vez da Rússia receber mais uma prova da F-1.

TOP TEN em Singapura

Pos.     Piloto                                      Equipe

  1        Lewis Hamilton                      Mercedes

  2        Max Verstappen                     Red Bull Renault

  3        Sebastien Vettel                     Ferrari

  4        Valtteri Bottas                         Mercedes

  5        Kimi Raikkonen                      Ferrari

  6        Daniel Ricciardo                    Red Bull Renault

  7        Fernando Alonso                    McLaren Renault

  8        Carlos Sainz Jr.                     Renault

  9        Charles Leclerc                      Sauber Ferrari

10        Nico Hulkenberg                    Renault

 

Ryan Hunter-Reay vence em Sonoma mas Dixon, em segundo, sagra-se pentacampeão na Indy

Sonoma foi palco, no domingo (16), da festa do pentacampeonato de Scott Dixon.

Dixon que largou da segunda posição, na prova vencida por Ryan Hunter-Reay e cruzou a linha de chegada em segundo, manteve uma boa regularidade na prova e viu seu quinto título cair no seu colo. O neozelandês foi campeão também em 2003, 2008, 2013 e 2015.

Isso porque Alexander Rossi, que disputava o título com Dixon, tocou a traseira de seu companheiro de equipe Marco Andretti logo na largada e foi obrigado a entrar no pit para trocar a asa dianteira de seu carro.

De volta à pista em último, Rossi acelerou forte e conseguiu recuperar muitas posições.

Com uma estratégia ousada de apenas duas paradas, uma a menos que a maioria dos outros pilotos, e alguns abandonos, conseguiu cruzar a linha de chegada na sétima posição, resultado que deu ao norte-americano o vice-campeonato da Indy em 2018, com 621 pontos, 57 a menos que Dixon, campeão com 678.

Entre os brasileiros, Tony Kanaan, que neste domingo fez sua 300ª largada consecutiva na Indy e alcançou a marca de 360 provas disputadas na categoria, foi o mais bem colocado e terminou a corrida na 12ª posição. Pietro Fittipaldi foi o 16º e Matheus Leist cruzou a linha de chegada em 19º.

 

Brad Keselowski abre os playoffs vencendo em Las Vegas

A NASCAR Cup abriu a fase de playoffs neste domingo em Las Vegas e pela terceira vez no ano, e de maneira consecutiva, deu Brad Keselowski.

O piloto da Penske foi soberano nas últimas relargadas, inclusive a da prorrogação, para conseguir o 27º triunfo da carreira e garantir passagem à próxima fase do playoff.

Kyle Larson foi o segundo colocado, seguido de Martin Truex Jr., Joey Logano e Ryan Blaney, completando o top-5.

A corrida teve boa parte dos 16 pilotos do mata-mata da Cup envolvidos em acidentes.

O principal deles foi Kevin Harvick, que teve um pneu estourado e bateu no muro, levando Erik Jones junto, que amargou a última colocação.

Chase Elliott, que também foi coletado em um acidente, só que envolvendo Jamie McMurray, e Denny Hamlin, que rodou sozinho, mas teve grandes avarias em seu carro, também tiveram grande prejuízo.

Além de Elliott, Jones e Hamlin, Jimmie Johnson estaria fora da próxima fase.

Ele também chegou a bater no muro no fim, apesar de ter feito boa prova, estando na maior parte da corrida entre os 10 primeiros.

Richmond recebe a CUP já no sábado (22).

TOP TEN em Las Vegas

Pos.     Piloto                                       Carro

  1. Brad Keselowki                      Ford Fusion #2
  2. Kyle Larson                            Chevrolet Camaro #42
  3. Martin Truex Jr.                      Toyota Camry #78
  4. Joey Logano                           Ford Fusion #22
  5. Ryan Blaney                           Ford Fusion #12
  6. Aric Almirola                           Ford Fusion #10
  7. Kyle Busch                             Toyota Camry #18
  8. Daniel Suarez                        Toyota Camry #19
  9. Ryan Newman                       Chevrolet Camaro #31
  10. Paul Menard                           Ford Fusion #21

Volta Rápida

- Gil de Ferran, diretor esportivo da McLaren afirmou que Fernando Alonso tem plenas condições de ser campeão na IndyCar, se resolver ir para a categoria.

Desde 2017, quando Alonso disputou pela McLaren Andretti as 500 Milhas de Indianapolis, existe uma negociação para que a McLaren tenha também uma equipe na Indy. Para isso ela vem se estruturando internamente e provavelmente será uma parceria com Michael Andretti, da Andretti Sports.

Já Alonso, que realizou testes com um carro 2018 da Indy, disse, em tom misterioso que anunciará seu futuro em outubro e que poderia até correr na NASCAR.

Uma coisa é certa: Alonso continuará como piloto Toyota na WEC em 2019. Como a categoria tem poucas corridas, ele deverá optar em correr por outra categoria.

- Lance Stroll, que em 2019 passará a ter sua própria equipe, pois seu pai, Lawrence, juntamente com um grupo de investidores, comprou os direitos esportivos da Force India, fez outra corrida ridícula pela Willians. Ele e seu companheiro, Sergey Sirotkin, a cada prova, além de mostrar imaturidade e incompetência, afundam cada vez mais a já desacreditada Willians. Existe uma grande dúvida sobre se a equipe conseguirá por seus carros no grid em 2019.

- Sobre Kimi Raikkonen correr pela Sauber em 2019, a explicação é simples e lógica: A Sauber é uma equipe laboratório da Ferrari, e também deverá ser oficializada como formadora de novos pilotos. Kimi, campeão em 2007 e um piloto experiente e competente, vai para a Sauber, sem ter seu salário reduzido, ser responsável pelo programa de desenvolvimento do carro, de novos componentes e também atuar no programa de formação de novos pilotos.

Como testes são proibidos na F1, as equipes encontraram essa saída, que é a compra de equipes pequenas para usa-las no desenvolvimento até das unidades motrizes para serem usadas nos carros da equipe principal.

A Red Bull utiliza a Toro Rosso para esses fins, a Mercedes usava a Marussia como formação de pilotos e tinha um acordo de “cooperação” com a Force India, acordo esse encerrado anos atrás.

- E para quem pensa que Daniel Ricciardo fez besteira em sair da Red Bull e ir para a Renault em 2019 está enganado. Ricciardo participou efetivamente do desenvolvimento da unidade da Renault pel Red Bull, onde Vettel levou seus 4 títulos mundiais. Enquanto Mark Weber era o segundo piloto, Daniel Ricciardo trabalhava nos bastidores desenvolvendo o carro e os motores.

Sua ida para a Renault lhe dará mais chances de até disputar títulos pois agora ele estará pilotando para a equipe da fábrica e não mais para uma equipe que compra motores.

Vale lembrar que quando Vettel venceu seus campeonatos, a Red Bull era a equipe principal da Renault, e todo esforço da fábrica francesa se concentrava nos propulsores que Vettel usava.

Com a entrada da Renault com equipe própria, todo desenvolvimento é usado em seus carros, e os demais sempre utilizam versões anteriores. Essa prática é praxe em todas categorias.

- Teremos novidades no automobilismo nacional para 2019: está nascendo uma nova categoria, a Pick-up Super V6.

O grid está praticamente fechado, com pick-ups das marcas GM, Ford, VW, Dodge, Toyota e Nissan e nomes de peso como Artur Bragantini, Higor Hoffman, e outras feras das pistas brasileiras.

A categoria tem Curitiba como base e Max Nunes, seu criador.

Fomos convidados para ser o piloto do Pace Pick-up (carro de serviço), o que para nós será uma honra e prontalmente aceitamos.

 

Fale conosco, estamos esperando sua sugestão sobre matérias, críticas e comentários. Você, amigo leitor, é nosso principal combustível. Esta coluna é feita para você. Nosso e-mail à sua disposição 24 horas, 7 dias por semana é motor14news@gmail.com.

Parceiro: www.planetavelocidade.com.br

 

Uma boa semana, automaníacos. Até a próxima.

 

Reinaldo dos Santos Filho mora em São Manuel/SP, tem 50 anos, é jornalista especializado em automobilismo, membro da Irmandade M.C.. Pai do Thiago Augusto, Roberta, Luís Guilherme e Giovanna.

Matéria sob responsabilidade do autor (Mtb 82.886/SP)

colunistas

REINALDO FILHO 27/11/2018 09:22
REINALDO FILHO 20/11/2018 08:44
POWER RACING NEWS 13/11/2018 08:43
POWER RACING NEWS 30/10/2018 00:14
POWER RACING NEWS 23/10/2018 08:28
POWER RACING NEWS 16/10/2018 09:20
REINALDO FILHO 02/10/2018 11:03
REINALDO FILHO 25/09/2018 10:16
REINALDO FILHO 11/09/2018 12:54
REINALDO FILHO 04/09/2018 12:57
POWER RACING NEWS 07/08/2018 10:02
POWER RACING NEWS 24/07/2018 07:00
REINALDO FILHO 17/07/2018 06:00
REINALDO FILHO 10/07/2018 08:04
REINALDO FILHO 03/07/2018 09:02
REINALDO FILHO 19/06/2018 08:28
REINALDO FILHO 12/06/2018 09:33
POWER RACING NEWS 05/06/2018 08:55
REINALDO FILHO 29/05/2018 09:09
REINALDO FILHO 22/05/2018 09:09
Colunista 123