REINALDO FILHO 11/09/2018 12:54

MotoGP, Nascar CUP e Volta Rápida, é a Power Racing acelerando

Pela terceira vez na temporada, Dovizioso leva a Ducati à vitória

Depois de perder a primeira fila no grid de largada no último sábado, Andrea Dovizioso foi avassalador no GP de San Marino, disputado neste domingo (09) no circuito de Misano.

Após boa largada e ir de quarto para segundo logo no início da corrida, Dovi foi à caça do companheiro de Ducati e pole position, Jorge Lorenzo.

O espanhol tentou abrir no início, mas, sem conseguir, cedeu o primeiro lugar para Dovizioso ainda antes da metade da corrida.

O italiano da moto 04 passou e abriu do tricampeão, e apenas controlou a diferença até o final da prova.

Lorenzo era o segundo até a penúltima volta, quando acabou caindo e deu de bandeja o segundo lugar para Marc Márquez.

Os espanhóis haviam se passado por algumas vezes, e no fim Lorenzo cedeu à pressão e sofreu um acidente. Jorge ainda voltou e chegou em 17º.

Fazendo corrida sólida, Cal Crutchlow era o quarto colocado após superar Álex Rins – que realizou boa largada no início da corrida e subiu para o top-4. No fim, o britânico subiu para terceiro, com Rins indo novamente para quarto.

A Yamaha teve dia para esquecer. Depois de sair em terceiro lugar com Maverick VIñales, a marca japonesa viu o espanhol perder rendimento no início da corrida e cair para sexto lugar, que se transformou em quinto ao fim.

Piloto da casa, Valentino Rossi, fez prova bastante opaca e finalizou apenas em sétimo lugar, atrás de Dani Pedrosa, o sexto.

Com isso, a Yamaha está há 22 corridas sem vencer, empatando com seu recorde negativo histórico no mundial, entre 1997 e 1998.

Andrea Iannone, Álvaro Bautista e Johann Zarco completaram o top-10.

Segundo no grid de largada, Jack Miller ocupava o quarto lugar atrás de Marc Márquez no início da corrida, mas acabou caindo.

O australiano ainda retornou para a prova, mas chegou apenas em 18º, fora da zona de pontos.

TOP TEN em Misano

Pos.     Piloto                                      Moto

  1        Andrea Dovizioso                   Ducati #4

  2        Marc Marquez                         Honda #93

  3        Cal Crutchlow                         Honda #35

  4        Alex Rins                                Suzuki #42

  5        Maverick Viñales                   Yamaha #25

  6        Dani Pedrosa                         Honda #26

  7        Valentino Rossi                      Yamaha #46

  8        Andrea Iannone                     Suzuki #29

  9        Alvaro Bautista                       Ducati #19

10        Johann Zarco                         Yamaha #5

 

A MotoGP volta à pista em Aragón, na Espanha, daqui duas semanas.

 

Tabu quebrado: Keselowski dá à Penske sua primeira vitória na CUP nas 400 Milhas de Indianápolis

Inegavelmente a Penske é uma das principais equipes quando se fala em 500 Milhas de Indianápolis na Indy. Mas até ontem, segunda feira, o mesmo não se podia dizer na prova de 400 milhas da NASCAR CUP.

Mas, Brad Keselowski tratou de deixar Roger Penske feliz e incluir no cartel de vitórias da equipe essa prova.

Keselowski levou a melhor sobre Denny Hamlin nas últimas voltas e pela primeira vez um piloto da Penske na CUP sobe no Victory Lane em um dos templos sagrados do automobilismo.

Foi a segunda vitória consecutiva do piloto do carro #2, já que ele havia feito o mesmo em Darlington.

Vale lembrar que a corrida foi realizada nesta segunda-feira, devido às chuvas que caíram em Indianápolis por todo o fim de semana.

É sabido que as categorias que correm em circuitos ovais não disputam provas na chuva nem com piso molhado, pois os carros ficam totalmente sem aderência. 

E voltando à corrida, Erik Jones ainda teve tempo para assumir a P2, com Hamlin terminando na P3. Completaram o Top 5, Kevin Harvick e Clint Bowyer.

Alex Bowman e Jimmie Johnson ficaram com as últimas duas vagas dos playoffs, e Kyle Busch é o campeão da fase regular, por somar o maior número de pontos nas 26 primeiras corridas.

TOP TEN em Indianápolis

Pos.     Piloto                                      Carro

  1. Brad Keselowki                      Ford Fusin #2
  2. Erik Jones                              Toyota Camry #20
  3. Denny Hamlin                        Toyota Camry #11
  4. Kevin Harvick                        Ford Fusion #4
  5. Clint Bowyer                          Ford Fusion #14
  6. Kurt Busch                             Ford Fusion #41
  7. Jamie McMurray                   Chevrolet Camaro #1
  8. Kyle Busch                             Toyota Camry #18
  9. Paul Menard                          Ford Fusion #21
  10. Ryan Newman                       Chevrolet Camaro #31

E abaixo, os 16 pilotos que vão para os playoffs.

Pos.  Piloto                                     Pontos

1        Kyle Busch                             2050

2        Kevin Harvick                        2050

3        Martin Truex Jr.                     2035

4        Brad Keselowski                    2019

5        Clint Bowyer                          2015

6        Joey Logano                          2014

7        Kurt Busch                             2014

8        Chase Elliott                           2008

9        Ryan Blaney                          2007

10      Erik Jones                              2005

11      Austin Dillon                           2005

12      Kyle Larson                            2005

13      Denny Hamlin                         2003   

14      Aric Almirola                          2001

15      Jimmie Johnson                    2000

16      Alex Bowman                        2000

 

Essa é a classificação que a Nascar usará já à partir de domingo, na etapa de Las Vegas. Somente os 16 pilotos acima que disputarão o título da temporada.

 

Volta Rápida

- E começamos nossa Volta Rápida com um lamentável episódio ocorrido na Moto2:

Romano Fenati, piloto da Moto2, numa disputa por posições no final da prova, tocou o freio dianteiro de Stefano Manzi, isso a 217 km/h. Essa atitude, que poderia ter provocado um acidente fatal com Manzi, custou a Fenati primeiro a desclassificação da prova e uma penalização de 2 corridas pela organização e, depois, lhe rendeu sua demissão da equipe. Com isso, uma punição exemplar para uma irresponsabilidade.

- E se falando de MotoGP, Dani Pedrosa assinou para 2019 com a KTM para ser piloto de testes. E na mesma balada, A KTM perdeu seu piloto, Bradley Smith para a Aprilia, onde também será piloto de testes. Jonas Folger, que corre pela Tech 3 Yamaha, será também piloto de testes, agora pela Yamaha Movistar, equipe oficial onde correm Rossi e Viñales. Parece que a moda dos testes veio para ficar na MotoGP.

- E na F1 algumas novidades. A mais intrigante é a que McLaren já declarou que não espera milagres para este ano com o desenvolvimento do carro.

Já fãs de Kimi Raikkonen criaram um abaixo assinado para que a Ferrari o mantenha na equipe em 2019.

O russo Daniil Kvyat está sendo, até agora, o preterido para assumir um carro da Toro Rosso. Com a saída de Ricciardo da Red Bull para a Renault em 2019 e a falta de opções tanto da Toro Rosso quando da Red Bull forçará as duas equipes “repatriar” seus ex-pilotos.

Já o futuro da Willians é uma incógnita. Com a compra dos direitos esportivos da Force India por Lawrence Stroll, Lance Stroll terá sua própria equipe, deixando a Willians e levando consigo todo aportamento financeiro que seu pai faz na equipe. Com isso, ou Claire Willians começa a se mexer para conseguir patrocínios que cubram o orçamento ou provavelmente não teremos a equipe em 2019 no mundial.

A Mercedes propôs que seja adotado pelo regulamento o terceiro carro as equipes que quiserem. Uma polêmica pois as grandes poderiam ter orçamento para isso mas as equipes menores não.

E encerrando, a Ferrari, cada vez que seus carros estão nos boxes, é colocado uma “bolsa de gelo” sobre as câmeras instaladas logo acima das entradas de ar dos carros. A FIA já avisou para a equipe parar com essa prática, mas sabe-se o porquê disso. Seria para resfriar algum componente ou para bloquear a imagem da câmera sobre o monitor que apresenta a telemetria ao piloto?

 

Fale conosco, estamos esperando sua sugestão sobre matérias, críticas e comentários. Você, amigo leitor, é nosso principal combustível. Esta coluna é feita para você. Nosso e-mail à sua disposição 24 horas, 7 dias por semana é motor14news@gmail.com.

Parceiro: www.planetavelocidade.com.br

 

Uma boa semana, automaníacos. Até a próxima.

 

Reinaldo dos Santos Filho mora em São Manuel/SP, tem 50 anos, é jornalista especializado em automobilismo, membro da Irmandade M.C.. Pai do Thiago Augusto, Roberta, Luís Guilherme e Giovanna.

Matéria sob responsabilidade do autor (Mtb 82.886/SP)


colunistas

POWER RACING NEWS 13/11/2018 08:43
POWER RACING NEWS 30/10/2018 00:14
POWER RACING NEWS 23/10/2018 08:28
POWER RACING NEWS 16/10/2018 09:20
REINALDO FILHO 02/10/2018 11:03
REINALDO FILHO 25/09/2018 10:16
REINALDO FILHO 18/09/2018 09:56
REINALDO FILHO 04/09/2018 12:57
POWER RACING NEWS 07/08/2018 10:02
POWER RACING NEWS 24/07/2018 07:00
REINALDO FILHO 17/07/2018 06:00
REINALDO FILHO 10/07/2018 08:04
REINALDO FILHO 03/07/2018 09:02
REINALDO FILHO 19/06/2018 08:28
REINALDO FILHO 12/06/2018 09:33
POWER RACING NEWS 05/06/2018 08:55
REINALDO FILHO 29/05/2018 09:09
REINALDO FILHO 22/05/2018 09:09
POWER RACING NEWS 01/05/2018 11:57
REINALDO FILHO 24/04/2018 08:44
Colunista 123