POWER RACING NEWS 12/12/2017 09:03

Stock Car em Interlagos, História da Indústria Automobilística Nacional e Volta Rápida

A Stock Car tem seu campeão 2017: Daniel Serra

Daniel Serra é o nome de 2017 da Stock Car. 

Serrinha chegou em Interlagos como favorito e, largando na segunda posição, completou a etapa de Interlagos na P3, ficando atrás apenas de Ricardo Maurício, vencedor da prova, e de Max Wilson, configurando a trinca da equipe de Rosinei Campos, o nosso “Meinha”.

Thiago Camilo, outro postulante ao título, bem que tentou, mas seu carro não teve o ritmo necessário e ele foi apenas o 14º colocado.

Marcos Gomes foi o quarto colocado e Rubens Barrichello terminou em quinto.

Augusto Farfus, piloto brasileiro da DTM alemã pela BMW, de férias, visitou a categoria neste fim de semana, e terminou em sétimo. 

Pouco antes da largada, os pilotos que conseguiram o botão de ultrapassagem extra foram anunciados: Rubens Barrichello, Augusto Farfus, Diego Nunes, Bia Figueiredo, Átila Abreu e Thiago Camilo.

Na largada, Ricardo Maurício manteve a ponta, com Serra também mantendo o segundo posto. Camilo não começou bem e caiu para a 10ª posição. Lucas Foresti e Allam Khodair foram os

únicos a terem algum tipo de problema na primeira volta, rodando sem gravidade.

Com o auxílio do push to pass, Serra manobrou sobre seu companheiro de equipe na abertura do segundo giro, se tornando líder da prova.

Na volta seguinte, Ricardinho até deu o troco, mas o carro #29 voltou a ser o líder pouco tempo

depois.

César Ramos, na terceira posição, tentava chegar perto da dupla que comandava a prova, mas sem sucesso.

Camilo continuava não conseguindo avançar e lutava para manter o 10º lugar com Felipe Lapenna. Enquanto isso, na nona volta, Márcio Campos e Guga Lima rodaram.

Na 11ª, Serra fez seu pit stop obrigatório, com a troca de dois pneus do lado direito. Ao mesmo tempo, Galid Osman rodou e abandonou a prova. Camilo entrou ao final da 16ª.

Após o término do ciclo de paradas, Maurício voltava a ser líder, com Max Wilson em segundo e Serra em terceiro, configurando a trinca da equipe de Rosinei Campos. Camilo caiu para a 13ª posição.

O piloto do carro #21 ainda perdeu mais um posto, quando restavam quatro minutos, ficando cada vez mais longe da conquista.

E foi o que aconteceu: não houve mudanças nas voltas finais e Ricardo Maurício venceu a etapa de Interlagos, com Max Wilson em segundo e Daniel Serra, o novo campeão da Stock Car, em terceiro.

Ricardinho Maurício, se despede da equipe RC, do Meinha, para se juntar, em 2018, a Rubens Barrichello e Nelsinho Piquet na reformulação da equipe Full Time.

Nossos parabéns ao Daniel Serra e Thiago Camilo, que durante todo o ano “brigaram” pelo título com respeito, honestidade e profissionalismo. Além, claro, de serem dois excepcionais e rápidos pilotos.

E que venha a temporada 2018. Já estamos com saudades.

 

História da Indústria Automobilística Nacional: Lobini H1, a realização de um sonho

O Lobini H1, nasceu do sonho dos empresários José Orlando Lobo e Fábio Birolini (a combinação do sobrenomes dos dois deu origem à marca Lobini).

O investimento de ambos ficou em torno de US$ 2 milhões em recursos para tornar este carro realidade.

Este projeto, nascido em meados de 1999, ainda como protótipo, entrou em produção oficialmente em abril de 2005 e foi baseado em esportivos ingleses como os da Lotus.

Em 2006 a Brax Automóveis adquiriu a Lobini e passou a fabricá-lo em Cotia (SP).

Pesando apenas 1.025 kg e equipado com o motor 1.8 de 180cv que desenvolve 23 kgfm, o mesmo usado no Golf GTI, o H1 leva menos de 6 segundos para chegar de 0 a 100 km/h e atinja 218 km/h de velocidade máxima.

Equipado com tração traseira e freios fornecidos pela Teves com discos ventilados de 288 mm na frente e sólidos de 240 mm atrás sem ABS para assegurar a diversão de um verdadeiro esportivo, montadas nos pneus PZero 205/45ZR 17 na frente e 225/45ZR 17 atrás.

Mas ainda o maior entrave para se ter um H1 é o preço altíssimo, hoje passando dos R$ 157.000,00, o que faz com que ele custe muito mais do que realmente vale, sem contar que ele não conta com itens de segurança como freios ABS e Air Bags.

Como comparação, o BMW série 1 importado que possui Air Bags, ABS, EBD, custa menos que o H1, produzido no Brasil.

Fonte: Wikipédia

 

Volta Rápida

- Rumores dão conta de que Felipe Massa negocia para 2018 com uma equipe da Stock Car. Se concretizada, essa negociação levará para a categoria de turismo nacional mais um ex-piloto da F1. Correm na categoria Rubens Barrichello, Ricardo Zonta, Luciano Burti, todos ex-pilotos da F-1. Para 2018, está confirmado Nelsinho Piquet, também ex-piloto da F-1, Nascar e F-E.

- A Willians deverá anunciar, nas próximas horas, Sergey Sirotkin como substituto de Felipe Massa na equipe. Sirotkin surpreendeu a todos em seus dias de testes pela equipe batendo Paul Di Resta e Robert Kubica, até então dito como provável substituto de Massa.

Sirotkin, piloto russo de 22 anos, tem o apoio do Banco SMP, que garante um gordo cheque para a Willians.

Com isso, a carreira de Kubica na F-1 termina.

- Felipe Massa foi eleito presidente da Comissão de Kart da FIA. Essa comissão controla toda competição de kart oficial mundo afora. E para celebrar seu novo posto no automobilismo mundial, Massa confirmou sua participação nas 12 Horas da Granja Viana, que acontece no próximo sábado, no kartódromo da Granja, em SP. É a prova de endurance com karts mais tradicional do país.

- E nesse final de semana estivemos novamente em Laranjal Paulista, acompanhando as finais do primeiro Monster Kart Experience, criado e promovido por Djalma “Monstro” Fogaça.

Com presença maciça de pilotos de toda região, o primeiro Monster foi vencido pelo piloto campineiro Marcelo Tutiya.

Mais que uma competição, a Monster Experience foi sim uma grande reunião de amigos que, ao longo da temporada, pouco conseguem se encontrar.

Não pude disputar as finais por problemas pessoais mas a ansiedade foi grande.

E aqui, quero dar os parabéns ao amigo Djalma Fogaça pelo sucesso do Monster e agradecer pelo convite para participar e ao amigo Djalma Pivetta, pelo excelente kartódromo de sua criação.

Sem esquecer dos amigos DJ Felipe “Bitoka”, Fernando “Magnata” Jóia e José Nagib Murad, dentre outros. A presença de todos tornou o evento ainda mais brilhante.

 

Fale conosco, estamos esperando sua sugestão sobre matérias, críticas e comentários. Você, amigo leitor, é nosso principal combustível. Esta coluna é feita para você. Nosso e-mail à sua disposição 24 horas, 7 dias por semana é motor14news@gmail.com.

 

Uma boa semana, automaníacos. Até a próxima.

 

“O Monster Kart Experience é a realização de um sonho.”  Djalma Fogaça, sobre a realização do 1° Monster Kart Experience



Reinaldo dos Santos Filho mora em São Manuel/SP, tem 49 anos, é jornalista especializado em automobilismo, administrador de empresas, escritor, piloto profissional e motociclista. Pai do Thiago Augusto, Roberta, Luís Guilherme e Giovanna.

 

Matéria sob responsabilidade do autor (Mtb 82.886/SP)

colunistas

REINALDO FILHO 22/05/2018 09:09
POWER RACING NEWS 01/05/2018 11:57
REINALDO FILHO 24/04/2018 08:44
REINALDO FILHO 17/04/2018 08:30
POWER RACING NEWS 10/04/2018 08:30
POWER RACING NEW 13/03/2018 08:37
POWER RACING NEWS 06/03/2018 08:48
POWER RACING NEWS 19/12/2017 09:11
REINALDO FILHO 05/12/2017 10:15
POWER RACING NEWS 28/11/2017 08:53
POWER RACING NEWS 21/11/2017 08:31
REINALDO FILHO 07/11/2017 09:16
POWER RACING NEWS 31/10/2017 09:55
POWER RACING NEWS 23/10/2017 22:14
POWER RACING NEWS 17/10/2017 08:45
POWER RACING NEWS 10/10/2017 09:14
POWER RACING NEWS 02/10/2017 20:45
POWER RACING NEWS 19/09/2017 09:01
POWER RACING NEWS 12/09/2017 08:41
POWER RACING NEWS 05/09/2017 10:09
Colunista 123