TURISMO 06/02/2018 14:31

Novo encontro discute atividade de off-roads na região de Botucatu

Reunião realizada em Botucatu.

Como uma das ações de regularização das práticas off-roads dos municípios da cuesta (Botucatu/Pardinho/São Manuel/Bofete) aconteceu nesta segunda-feira (05), por iniciativa dos trilheiros de Botucatu e Pardinho,  a palestra "Práticas off-roads na Cuesta & Conservação Ambiental" com o objetivo de reconhecimento e entendimento da importância ecológica e fragilidades ambientais da região.

O encontro foi dividido em 3 partes, sendo a primeira um breve contexto de desenvolvimento econômico e turístico da região (visibilidade do município, empregabilidade, rede e cadeia de serviços de apoio para o segmento turístico), a segunda parte abordou a questão ambiental (conceitos ecológicos: relevo cuesta e sua arquitetura, rochas areníticas e basálticas, bacia e rede hidrográfica, ciclo da água, sistema aquífero guarani e sua recarga / conceitos técnicos-ambientais: Unidade de conservação, APA, APP e processos erosivos sulcos e voçorocas), e por último gestão e planejamento de trilhas (respeito à propriedade privada, impacto de vizinhança, respeito às leis de trânsito e guia de boas condutas dos condutores off-roads na cuesta).

A questão ambiental foi através do Projeto ASA, Aracatu na Sala de Aula, uma proposta pedagógica de Educação Socioambiental e Turística da AAVA, Associação dos Amigos do Vale do Aracatu, pelo Fillipe Martins. 

"A noite de segunda-feira foi a concretização do primeiro passo de regularização das práticas, unimos conhecimento técnico ecológico-ambiental, econômico e respeito individual, coletivo e de terceiros. Foi uma grande troca e entendimentos e, o mais importante, partiu dos trilheiros a ação. Acredito que essa será a primeira de inúmeras palestras, encontros de conscientização ambiental, respeito a propriedade privada e minimização de impactos de vizinhança. E digo mais, no final do mês vamos realizar o primeiro mini-curso de noções de primeiros socorros em áreas naturais e brigada de incêndio para trilheiros", comenta Patrícia Shimabuku, interlocutora e representante dos trilheiros da região. 

 

REPERCUSSÃO

Um dos participantes falou o que achou do encontro. "Gostaria de agradecer a presença de todos que estiveram ontem no Parque Municipal em Botucatu, fazer um comentário.Primeiro os órgãos públicos e demais órgãos competentes, não estão contra a prática de atividades off road, o que esses órgãos querem, é apenas a conscientização do praticante sobre o que prejudica o meio ambiente com o uso de veiculos automotores em determinados locais, o intuito desses órgãos é deixar claro que certos locais não devemos passar, e existem “leis” para isso. Mas  o importante mesmo é que a pratica do off road é feita em “áreas particulares” e o impedimento da passagem nessas áreas só se deve ao mau comportamento do usuário, o que devemos ter em mente é noções básicas de  cidadania, respeitar tudo e todos, pois ali o invasor somos nós, vamos prestar mais atenção na condução de nossos veículos e fazer um uso racional das trilhas, respeitar o praticante de outras modalidades, os caminhantes, as bicicletas, os carros, e os animais e ter em mente que se o proprietário dessas terras não quiser, não há como obrigá-lo, pois tratasse de uma propriedade particular e ponto, temos que ser coerentes no uso das trilhas e estradas para não ter mais as reclamações que hoje existe,, vamos refletir como se comportar melhor nas trilhas e estradas, pois só depende de nós, a continuidade da pratica off road", enviou por mensagem de WhatsApp.

O público presente foi de 30 pessoas. Foram convidados órgãos como Secretaria Adjunta de Turismo, COMUTUR e COMDEMA, PM e a GCM de Botucatu. A secretaria do verde autorizou o uso do espaço e a disponibilização de equipamento de multimídia. Estiveram presentes: secretário adjunto de turismo, 2 inspetores da GCM e um policial da PM.

Os trilheiros realizam, desde a segunda quinzena de novembro de 2017, reuniões semanais para diálogos sobre as práticas, com representantes das modalidades de jipe, quadricículo, gaiolas e motos. Já participaram das reuniões um representante do legislativo e prefeito de Pardinho, presidente da câmara e vice-presidente do COMDEMA (Conselho Municipal de Meio Ambiente) de Botucatu.

Primeira reportagem sobre o tema: Link: http://www.agencia14news.com.br/esporte/off-road-btu

 

Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news

(com Assessoria de Imprensa)