ELEIÇÕES 2018 31/08/2018 22:06

João Doria, candidato a governador em São Paulo, visita Botucatu

Doria durante entrevista. (Foto: Ana Tineu)

O candidato a governador em São Paulo, João Doria (PSDB), visitou Botucatu na tarde desta sexta-feira (31).

Ele passou pelo local onde se pretende construir uma barragem com nova captação de água na cidade e depois concedeu entrevista a jornalistas na sede do PSDB, na Rua Cardoso de Almeida, no centro.

Em seguida, fez uma breve caminhada da Rua Cardoso de Almeida até a Amando de Barros, onde parou em uma lanchonete e tirou fotos com as pessoas. Ao seu lado estavam lideranças do PSDB como o prefeito Mário Pardini e o presidente do PSDB, Andre Rogerio Barbosa, além de partidários e vereadores.

A visita foi rápida e terminou com a sua entrada em uma van, pois seguiria viagem.

Ele disse que vai apoiar projetos de barragens como de Botucatu e capitalizar ainda mais a Sabesp.

Comentou que as últimas pesquisas apontam que ele está na frente, descolando do segundo candidato, Paulo Skaf, mas que a campanha começou hoje com horário eleitoral no rádio e na televisão, considerando que a metade da população não tem uma maturação em quem vai votar de maneira geral. Doria espera que em 10 dias haja uma rápida decisão do eleitor.

Sobre verba para universidades defendeu manter a aplicação do ICMS, mas com dilálogo dos reitores para melhoria das gestões. Os bem-sucedidos devem, segundo ele, ajudar as universidades após estarem formados. 

Já ao ser perguntado em relação a dificuldades dos alunos em matemática e português respondeu que apesar dessa alegação, o Estado tem os melhores resultados do restante do País, como Ideb, defendendo aprimoramento e valorização dos professores com a premiação do educador que vai bem e aplicação de mais tecnologia no ensino. Citou Escolas técnicas que são hoje de qualidade.

A falta de policiais também foi alvo de pergunta. Ele disse que o Estado tem os melhores índices do País, mas é preciso ter maior sensação de segurança, melhorar salários e aplicar um trabalho integrado com as polícias e as guardas municipais. Se não fosse pelo apoio de prefeituras, diz ele, algumas delegacias não teriam estrutura para funcionar. Prometeu criar mais batalhões especializados e ampliar as bases móveis nos bairros.

CANDIDATOS
Botucatu já recebeu visita do então pré-candidato Paulo Skaf (MDB) quando passou por rádios e falou sobre seus projetos.

O Estado ainda tem como candidatos: Edson Dorta (PCO), Luiz Marinho (PT), Major Costa e Silva (DC), Marcelo Candido (PDT), Marcio França (PSB), Prof. Claudio Fernando (PMN), Professora Lisete (PSOL), Rodrigo Tavares (PRTB), Rogerio Chequer (Novo) e Toninho Ferreira (PSTU).

 

Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news

(do Agência14News)