RELATO DE BRASILEIRO 25/10/2017 18:24

Quem ficou sem trabalhar por causa do furação nos EUA recebe ajuda em dinheiro do governo

Biasotti mostra fila para ajudar quem ficou em casa durante o furacão.

Pessoas de diferentes condições sociais que não puderam sair de casa por conta do furacão Irma, nos Estados Unidos, estão recebendo ajuda a partir de 1 mil dólares do governo americano, segundo relatou o cabeleireiro brasileiro Rubens Bisotti, que está no país para expandir seus negócios.

Ele tem em Botucatu (SP) a empresa Rubens Biasotti Hair Design International, que vem sendo ampliada com proposta de chegar a outros lugares do mundo.

Nesta quarta-feira (25) Biasotti se deparou com uma fila no entorno de um dos estádios de Orlando, onde um esquema foi montado para entregar a ajuda em dinheiro.

Ele diz que a espécie de indenização não é por conta dos estragos nas casas e sim pelo fato de não poderem ter saído de casa no toque de recolher durante o furação.

No vídeo (veja abaixo) enviado ao site Agência14News, Biasotti comentou que o imposto pago os Estados Unidos também é devolvido em serviços, como saúde e educação,  ou em casos como esse para atender a população.

Ele destacou que o esquema de pagamento de valores estava bastante organizado e pelo menos 10 mil pessoas estavam sendo atendidas no local no momento da sua passagem. No vídeo é citado furacão Katrina, mas na verdade é o Irma.

 

Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news

(do Agência14News)