BOTUCATU 28/12/2017 17:47

Inscrições para 500 apartamentos podem começar em março

Assinatura do contrato com a Caixa e empresa ocorreu nesta quinta-feira.

Na tarde desta quinta-feira, 28, o Prefeito Mário Pardini assinou junto a Caixa Econômica Federal e a Construtora Qualyfast, o contrato para o início da construção de 500 novas unidades habitacionais na Cidade.

O empreendimento, compreendido na faixa 1 de financiamento do Programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal, será construído na região da Cohab II, em frente ao bairro Arlindo Durante, região Leste de Botucatu, na área da antiga Chácara Cachoeirinha.

A faixa 1 atende famílias com renda total de até R$ 1,8 mil e oferece subsídio de até 90% do custo total. As parcelas do financiamento giram entre R$ 80 e R$ 270. Trata-se de modelo de apartamentos com áreas externas de lazer. As incrições podem ser anunciadas a partir de março de 2018.

“O que conseguimos neste fim de ano é praticamente um milagre. Foram apenas 50 mil unidades distribuídas em todo o País e Botucatu é o primeiro Município a assinar o contrato nessa nova portaria do Ministério das Cidades. Agradeço imensamente pelo empenho, nosso Secretário de Habitação, José Carlos Broto, a Dra. Henriqueta Alves, Secretária Nacional de Habitação e o Ministro das Cidades, Alexandre Baldy, que foram sensíveis em aprovar o nosso projeto e citá-lo como modelo para todo o Brasil”, afirma Pardini.

O valor total do investimento realizado em Botucatu é de aproximadamente R$42 milhões. Os apartamentos do empreendimento terão 56 m² cada, com varanda, e o condomínio terá quadra poliesportiva, playground infantil, guarita, salão de festas, vagas para estacionamento de veículos, entre outras instalações. Os blocos serão compostos por térreo e mais dois pavimentos.

“Este formato de unidade habitacional é maior do que muitos condomínios comercializados na Cidade. Se comparar a parcela máxima do faixa 1 que não passa de R$ 270 com o preço de um aluguel mínimo em Botucatu, próximo a R$ 500, conseguimos ver o quanto este empreendimento vai abençoar a vida das pessoas”, comemora Pardini.

A Prefeitura receberá um recurso compatível a 1,5% do contrato para executar um trabalho técnico-social junto às famílias. Esse trabalho abrange orientações de como se viver em condomínio, ações de valorização do imóvel, atividades de geração de renda, dentre outras.

A previsão da Prefeitura e da empresa responsável pela obra é que já na primeira quinzena de 2018 as obras se iniciem. O projeto de construção de 500 novas unidades habitacionais na região Leste do Município teve o apoio do Deputado Estadual Fernando Cury, do Deputado Federal Milton Monti e da Câmara Municipal.

Na cerimonia de assinatura, ocorrida na tarde desta quinta-feira, estiveram presentes vereadores, Secretários Municipais e integrantes da sociedade civil.

 

Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news

(com assessoria).