ENQUETE 29/08/2019 15:41

Maioria em Botucatu opina pelo fim das festas com open bar

Foto: Divulgação

Uma breve enquete realizada na Rádio Municipalista nesta semana ouviu a população de Botucatu sobre a proibição de festas na modalidade open bar onde as bebidas alcoólicas são servidas à vontade para quem pagou pelo ingresso. 

Das pessoas que foram ouvidas ao vivo, pelo Whatsapp ou Facebook as votações do total de 25 participantes, 17 quiseram a proibição, enquanto 8 não querem o fim desses eventos.

De um lado algumas pessoas disseram que essas festas estimulam o consumo em exagero das bebidas e levam jovens ao coma alcoólico. Na outra ponta há opiniões no sentido que proibir não vai ter efeito da quantidade de quantidade de bebida consumida por cada um, pois isso pode ocorrer em qualquer lugar.

A rápida enquete mostrou um pouco mais da polêmica em torno do assunto já que cidades brasileiras fazem o movimento de proibir ou já impedem com lei esses eventos de bebida livre nas baladas.

Há quem pense que os limites aos jovens devem começar na família e escolas com apoio psicológico e não atuar só no fim da linha do problema, usando somente de proibições.

Hoje a bebida que é uma droga legalizada é consumida por 55% dos homens e 45% das mulheres, muitas vezes o que vira o motivo de acidentes, agressões e violência doméstica e até mortes.

Na Assembleia Legislativa de SP a deputada Janaína Paschoal defende a proibição e um projeto vem sendo debatido.

Em Botucatu, um homem matou o "amigo" após uma discussão, este ano, depois que ambos tinham consumido bebida alcoólica em um bar do distrito de Rubião Jr. O suspeito de crime foi preso. Teria havido uma briga anterior e a bebida seria o gatilho para a tragédia.

Opine na enquete: https://enquete.app.do/festas-com-open-bar-deveriam-ser-proibidas/0DpBTCCi

 

(Do Agência14News).