SP 255 10/04/2018 18:30

Adolescente de 16 anos que sobreviveu a acidente com seis mortes deixa a UTI

Foto no dia do acidente.

Deixou a UTI do Hospital das Clínicas de Botucatu a adolescente de 16 anos que estava no carro onde morreram seis pessoas, que são da família de seu namorado, acidente que ocorreu no dia 1º de abril, domingo de Páscoa, na SP 255 (rodovia João Mellão), entre Pratânia e Botucatu (SP).

Ela estava no carro que bateu de frente com um caminhão quand, segundo a polícia, o automóvel fazia uma ultrapassagem em local proibido.

“Foi um milagre ela ter sobrevivido. É o que todos os médicos falam, chamam ela de vitória até, porque ela nasceu de novo. Ela sofreu múltiplas fraturas, está com o corpo todo quebrado, mas está viva e se Deus quiser vai se recuperar”, disse a mãe da adolescente, Luciane Maria Lima em entrevista ao G1.

Ela pensou no dia do acidente que a filha estivesse morta. “Foram 40 minutos de desespero, que eu achei que ela estava morta. Só depois desse tempo que o pessoal da igreja que frequentamos ficou sabendo das informações corretas e vieram me avisar”, lembra.

Para acompanhar a recuperação, a mãe da jovem deixou dois filhos em Sumaré, de 9 e 14 anos, e apesar de estar no quarto não sabe se ficará alguma sequela. A adolescente namorava o rapaz que morreu, há apenas 5 meses.

LEMBRANÇA DO ACIDENTE

“Ela disse que lembra dos gritos de todo mundo no carro quando o caminhão estava próximo e deu um impacto muito forte. Depois disso ela desmaiou e acordou chamando o namorado, mas ninguém respondeu. Aí ela perdeu os sentidos de novo e só lembra depois de estar na ambulância”, disse a mãe da adolescente.

O motorista do carro, Ismael Pires, de 44 anos, viaja com a mulher, Laurinda Silva Pires, de 38, com os filhos, Ismael Pires Filho, de 16, Israilane Tainara Pires, de 14, e Israel Pires, de 12, com a neta, Taynara Vitória Pires, de dois anos, e com a namorada do filho mais velho, a única sobrevivente.

 

(do Agência14News com G1)