INVESTIGAÇÃO 05/10/2017 22:00

Polícia Civil prende suspeito de matar homem que foi encontrado carbonizado em área verde da Cohab 2

Caso é investigado pela Polícia Civil. (Foto: Arquivo/Agência14News)

Quarenta e oito horas depois do crime que terminou com a morte de um jovem de 32 anos, que teve o corpo carbonizado em uma área verde, na Cohab 2, a Polícia Civil de Botucatu prendeu um suspeito.

Segundo informação apurada pelo site Agência14News, o suspeito de 27 anos foi localizado por policiais da DIG – Delegacia de Investigações Gerais de Botucatu nesta quinta-feira (05), na Rua Raul Raimo, no Jardim Brasil, mesma região da localização do corpo.

A prisão temporária foi decretada por 30 dias, esse tipo de pedido de prisão é feito para aprofundamento das investigações. O nome do suspeito não foi divulgado para não atrapalhar nas investigações.

Segundo a Polícia, o suspeito preso participou de um baile que a vítima também estava e o crime teria ocorrido na sequência devido a um desentendimento entre as partes, porém maiores detalhes não foram mencionados.

Agora a polícia está atrás dos demais suspeitos que teriam participação no crime.

Diego Leandro Correa Borges, de 32 anos, que era da cidade de Itatinga e morava em Botucatu, foi morto com golpes na cabeça. Seu corpo foi encontrado carbonizado pela Guarda Civil Municipal (GCM) após denúncia de moradores, na terça-feira (03). Ele morava no bairro Monte Mor e trabalhava em um restaurante da Avenida Vital Brazil.

O corpo foi identificado um dia após o crime pelo irmão de Diego. A polícia informou ainda que o corpo estava sem um dos braços.

A Polícia deve divulgar maiores detalhes do crime nessa sexta-feira (06).

 

Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news

(do Agência14News)