FURTO 02/12/2019 21:53

Castiçais são levados de igreja no centro de Botucatu

Castiçais levados da igreja.

Castiçais foram levados na tarde desta segunda-feira (2) no centro de Botucatu (SP).

Segundo informações, o furto ocorreu contra o Santuário Nossa Senhora de Lourdes que fica no começo da Rua João Passos.

Os três castiçais levados estavam na parte superior do altar e têm um valor histórico para a igreja e para os frequentadores.

Acredita-se que esse tipo de furto pode ser praticado por usuário de drogas para tentar vender e trocar por entorpecente.

Quem tiver alguma informação pode ligar para as Forças de Segurança de Botucatu através dos telefones 199, 190 e 197, da Guarda Municipal e as polícias Militar e Civil, respectivamente.

Castiçal, candeeiro com um só foco luminoso, como vela ou lâmpada, foi um elemento determinante na decoração das casas.

Desde sua criação (sem data especifica), constituiu-se numa peça indispensável para clarear a mesa, a toalete e toda a atividade noturna das moradias. Compõe-se de três partes: base, haste e aparador ou arandela.

Com base nesses elementos, os ourives fizeram desse objeto, do século XVII ao século XIX, um perfeito espelho dos estilos sucessivos da época: do barroco ao rocaille, e desse estilo movimentado ao rigor do neoclássico, seguindo ora influência francesa, ora inglesa.

As bases variam de redondas a quadradas — e a decoração acompanha o estilo da época em que o objeto é confeccionado.

Existem centenas de modelos e chama-se castiçal apenas quando é com encaixe para 1 vela; para 2 ou mais, é chamado de candelabro. Muito conhecido é o candelabro para 7 velas judaico, chamado de Menorah.

(do 14News)