CNH 05/04/2018 19:00

Examinador do Detran e funcionária acusados de cobrar propina de alunos estão soltos

O examinador credenciado pelo Detran – Departamento Nacional do Trânsito de São Paulo preso em Itatinga (SP) no dia 27 de março acusado de cobrar para passar na prova alunos que repetiram é suplente de vereador na cidade de Nova Odessa. Ele foi solto junto a uma funcionária da autoescola, moradora de Itatinga, acusada do mesmo crime. Ambos respondem em liberdade.

Segundo o jornal Todo Dia, eles foram soltos no dia seguinte ao flagrante após pagarem R$ 4.700 de fiança. Ambos respondem por corrupção passiva e estão afastados do órgão que abriu investigação interna do caso.

O esquema foi denunciado por um aluno que pagou R$ 150 pela habilitação e procurou a polícia em seguida. O mesmo foi feito por outros alunos.

O suplente de vereador, Wladiney Polaco, justificou a sua prisão dizendo que foi vítima de armação porque vem fazendo denúncia contra a administração. O jornal diz que enquanto servidor da prefeitura ele foi exonerado duas vezes.

 

Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news

(do Agência14News)