BOTUCATU 01/10/2018 22:10

Homem procurado por violência doméstica é preso durante patrulhamento da GCM

Procurado por violência doméstica.

Nesta segunda-feira (01), por volta das 20 horas, a equipe GAPE (Grupo de ações Preventivas Especiais), com os guardas Nogueira e De Santi, prendeu um homem procurado por violência doméstica, em Botucatu (SP).

Segundo a GCM, os guardas durante patrulhamento preventivo pelo Jd. Ipê viram uma pessoa em atitude suspeita, onde foi feita a abordagem e constatado que se tratava de um suspeito procurado pela justiça por violência doméstica.

Diante dessa situação, o suspeito foi conduzido até o plantão, onde a autoridade policial da Polícia Civil tomou ciência do fato e em consulta detalhada foi confirmada a pendência. O homem 39 anos foi encaminhado à cadeia pública ficando à disposição da justiça.

 

Tráfico de drogas

Por volta das 15 horas desta segunda-feira, a equipe GAPE ( Grupo de Ações Preventivas Especiais) com os GCMs Nogueira e De Santi, em patrulhamento preventivo pelo Jd. Brasil  receberam uma denúncia, onde segundo informações, um suspeito estava vendendo drogas na entrada do bairro Pátio 8.

A GCM foi até o local onde localizou o suspeito que tentou fugir e com ele havia 09 pedras de crack e 09 papelotes de cocaína. O adolescente de 16 anos confessou que estava fazendo o tráfico pelo local há dois dias e que vendia cada entorpecente por R$ 20,00.

Ele recebia por droga vendida o valor de R$ 5,00. Diante disso, o menor, com sua mãe, foi conduzido até a DISE onde a autorida policial tomou ciência do fato, ratificando a voz de apreensão por ato infracional/tráfico de drogas e o adolescente foi encaminhado ao NAI (Núcleo de Assistência Inicial) ficando à disposição da justiça.

 

Preso por violência doméstica

No sábado (29) a Guarda Civil Municipal recebeu uma chamada onde segundo informações estava ocorrendo uma briga familiar no Bairro Jd. Itamaraty.

Por conta disso, os GCMs Bavia e Elizabete fizeram contato com a mulher que havia feito o chamado, a qual informou que seu pai estava muito agressivo e havia quebrado boa parte dos móveis da residência e ainda tinha agredido e ameaçado sua mãe.

Perguntado, o agressor confessou a agressão e sendo assim as partes foram conduzidas até o plantão policial onde a autoridade de plantão tomou ciência do fato, ratificando a voz de prisão por violência doméstica.

Chegou a ser arbitrada fiança de R$ 1.500,00, que não foi honrada e diante da situação o agressor de 74 anos foi recolhido à cadeia pública, ficando à disposição da justiça.

 

Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news

(com Assessoria)