BOTUCATU 11/04/2019 22:12

Mulher de 66 anos perde dinheiro em golpe no centro da cidade

Anotação deixada por golpista.

Uma mulher de 66 anos teve pelo menos R$ 2.300,00 de prejuízo após ser enganada por golpistas em frente à Praça Coronel Moura - Paratodos, no centro de Botucatu, às 13h30 de segunda-feira (08). 

A idosa contou à reportagem do Agência14News que naquele dia foi ao banco e ficou no Paratodos esperando a família. Ali foi abordada depois que uma pessoa deixou cair um pacote no chão e os golpistas - primeiro um deles dizendo ser dono do embrulho alegou querer dar um presente a ela por ajudar a encontrar o pacote de “dinheiro” - e outra pessoa, uma mulher, também apareceu ali para reforçar o golpe - era quem faria um papel figurativo de quem testemunhou tudo e também seria ajudada pelo dono do embrulho. 

O então dono desse pacote disse a elas que fossem até a lateral da igreja Santuário de Lourdes. Isso porque queria dar um par de sapatos a cada uma, pois contou ter uma loja ali perto. Pediu que esperassem perto da igreja, pois traria os sapatos para o local. Ali a mulher golpista começou uma busca da confiança com a vítima. 

A segunda mulher que estava junto e que fazia o papel de quem ganharia o presente, também deixou com a idosa um pacote que disse ser de alto valor que ficou na bolsa da vítima até essa desconhecida ir buscar os seus sapatos. 

A mulher voltou e mostrou um sapato que teria ganhado como recompensa, tudo por ter ajudado a localizar aquele pacote. Quando a idosa foi receber o sapato ali perto então ela subiu a rua e percebeu que a numeração da loja não existia naquele endereço. 

Ao voltar onde estava a segunda mulher percebeu que algo estava errado, pois ela tinha sumido com sua bolsa. 

A idosa foi ao banco e percebeu terem feito empréstimo em seu nome além de adiantamento do décimo terceiro no caixa eletrônico, pois na sua bolsa furtada estavam cartões e senhas. 

Os valores dos empréstimos feitos em nome da vítima poderiam chegar a R$ 6 mil, porém como ela vai dar um jeito de pagar à vista o valor será menor. 

“Sou uma pessoa desconfiada e mesmo assim cai no golpe”, disse a idosa. 

A vítima chegou à conclusão que estava sendo seguida desde o banco na Rua João Passos onde foi escolhida para o golpe. 

A Polícia Civil investiga o caso. 

(do Agência14News)