SÃO MANUEL 03/02/2019 16:47

Mulher diz que baleou policial porque estava sendo estuprada

Foto: Arquivo/Agência14News

Uma mulher atirou em um policial militar em São Manuel. Segundo informações, trata-se de uma ex-namorada do policial.

Ela declarou que vinha recebendo várias ameaças e durante à noite o policial foi até a sua residência no Bairro da Vila Rica, em São Manuel, e através de ameaças obrigou ela a entrar no veículo, levando a vítima por uma estrada de terra próxima da Usina São Manoel. Consta na denúncia que o policial manteve a arma da cabeça da mulher dizendo que iria matá-la. 

Houve ainda relato que após isso a mulher foi espancada e quando estava sendo estuprada pegou o revólver e fez dois disparos atingindo a barriga do policial.

Em seguida, a vítima saiu correndo pelo canavial onde ficou escondida e foi encontrada nua por funcionários da usina.

Na delegacia a vítima disse que fez os disparos para se defender do policial. O militar foi socorrido ao Hospital das Clínicas de Botucatu permanecendo em observação.

O policial não trabalha na cidade São Manuel, mas tinha relacionamento com a vítima. 

A mulher foi encaminhada para exames. O caso está sob investigação.

(com Integração FM)