GCM BOTUCATU 01/07/2019 14:41

Operação Cerol apreende 73 carretéis de linha e autua 7 pessoas em uma semana

Foto: Divulgação

Com o início das férias escolares em Botucatu, a Guarda Civil Municipal intensifica o patrulhamento em bairros da Cidade em busca de pessoas utilizando e comercializando linhas de pipa com material cortante. A Operação Cerol, em sua primeira semana de atuação, já recolheu 73 carretéis de linhas.

O patrulhamento, que também busca precaver pedestres e especialmente motociclistas de acidentes com a linha cortante, foi intensificado nos bairros Santa Maria, Cedro, Central Park, Lívia 1 e 2, Cohab 1, Jardim Brasil, Palos Verdes e no distrito de Rubião Júnior. Ao todo, 7 pessoas flagradas com linhas com cerol foram multadas em R$ 1 mil cada.

"O mês de julho estatisticamente é muito critico, já que representa metade dos registros de uso de cerol durante o ano todo. Nosso intuito não é estragar o lazer e a diversão das crianças, adolescentes e amantes das pipas, mas sim prevenir ações ilícitas, garantindo assim a segurança de todos", cita o subcomandante da GCM, Sidnei Pichinin.

Vale ressaltar que, quando o infrator é menor de idade, os pais ou responsáveis da criança ou adolescente é que responderão pelos atos. Isso pode ocorrer criminalmente na Justiça, em caso de lesão corporal ou homicídio, ou mesmo com o pagamento de multa prevista em lei municipal.

Patrulha da Paz

A GCM utiliza como um dos meios de difusão de práticas contra a utilização de cerol e material cortante nas linhas de pipa, o programa Patrulha da Paz, promovido pela Patrulha Escolar da Guarda Civil Municipal, com apoio da Secretaria Municipal de Educação e do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA).

O assunto tem sido debatido nas escolas atendidas pelo programa, atingindo cerca de mil alunos, que se transformam em agentes multiplicadores de boas práticas na hora de soltar pipa.

(com assessoria)