EM OSASCO 02/02/2019 00:30

Investigação da polícia revela que patrão foi quem mandou matar cabeleireira de Botucatu

Bia foi morta no trabalho.

O patrão foi o mandante do assassinato da cabeleireira de Botucatu, Ana Beatriz Lucas, de 24 anos, no dia 27 de dezembro, em Osasco, onde ela estava trabalhando. 

O crime foi elucidado pela delegacia de Osasco nesta sexta-feira. O executor foi preso e o mandante está foragido.

O motivo do crime seria um relacionamento amoroso de Bia com a esposa do dono do salão, que descobriu e para se vingar resolveu contratar uma pessoa que simulou um assalto e depois matou a jovem de Botucatu. 

O executor alegou que aceitou praticar o crime porque precisava de dinheiro. 

O mandante chegou a ir ao velório e prestar condolências à família, mas depois de um depoimento em contradição acabou fugindo. 

A reportagem do Agência14News tentou falar com a mãe da jovem assassinada, porém ela disse que estava bastante abalada e não conseguiu dar entrevista. 

(Do Agência14News)