BOTUCATU 03/07/2019 22:00

Polícia Civil prende golpista que tentava sacar 48 mil reais de correntista usando documento falso

Caso foi apresentado na DIG de Botucatu. (Foto: Arquivo)

Em pleno centro de Botucatu, na Agência do Banco do Brasil, os policiais civis Beloto e Virgílio prenderam um homem que tentava aplicar golpe se passando por correntista. O estelionatário usava documento falso onde havia colocado sua foto. O caso foi registrado às 10h50 desta quarta-feira (03).

Primeiro, os policiais localizaram um homem de 63 anos, proveniente de Londrina (PR), que estava dentro do banco tentando se passar pelo correntista com RG que tinha o nome da vítima, porém com a foto do estelionatário.

Uma funcionária do banco reconheceu o golpista porque o sistema de segurança contra fraudes havia transmitido a foto dele para a equipe da agência. Ela, sem chamar a atenção, avisou o gerente que conseguiu acionar a polícia.

Na sequência, outro estelionatário de 41 anos foi encontrado em um carro Fiat Palio com placa de Ibipora (PR).

Os policiais localizaram no carro cartões de crédito, cheques e documentos, além de R$ 5.496,00 que seriam provenientes de golpes praticados da mesma forma, porém em Jaú.

Os golpes eram aplicados contra pessoas que tinham algum dinheiro para sacar como ações trabalhistas. 

Os dois homens foram presos por estelionato, falsidade ideológica e associação criminosa após apresentação ser feita ao delegado Geraldo Franco Pires na DIG - Delegacia de Investigações Gerais de Botucatu. O caso continua sendo investigado para descobrir onde mais golpes foram aplicados.

(do Agência14News)