PROTEÇÃO 09/10/2019 08:45

Bauru define ações que buscam evitar novos incêndios em áreas protegidas

Foto: Divulgação

O prefeito de Bauru reuniu-se no Gabinete na manhã desta terça-feira (8) com os órgãos que participaram do combate ao incêndio na reserva próxima ao Jardim Botânico no último fim de semana. Estima-se que cerca um terço da área mata nativa, perto de 100 hectares, tenham sido consumidos pelas chamas.

Estiveram presentes o coordenador da Defesa Civil do Município, Rogério Gago, os representantes do Corpo de Bombeiros, capitão Kato e sargento Tempesta, o diretor do Jardim Botânico, o engenheiro agrônomo Luiz Carlos de Almeida Neto, o coordenador da Defesa Civil de Pederneiras, Silvio Bueno, o gerente regional da Fundação Florestal, Nelson Gallo, e o ex-diretor do Zoológico de Bauru e zootecnista Luiz Pires, do Núcleo Gestor do Município.

Durante a reunião, Gazzetta agradeceu o empenho e o apoio das instituições envolvidas, sem as quais o desastre ambiental poderia ter tomado dimensões ainda maiores. O prefeito solicitou que cada um propusesse, dentro de sua área de atuação, soluções de prevenção e combate a incêndios de grandes proporções para evitar novos episódios como o do último fim de semana.

Após relato dos participantes, ficou decidida a elaboração imediata de um Plano de Emergência para incidentes deste tipo dentro da área do Município. As ações envolvem adequações na legislação municipal para que os brigadistas treinados pela Defesa Civil possam atender de imediato as convocações, independentemente de seu órgão de locação; aquisição imediata de um equipamento tipo Drone, para que a fiscalização da área pela direção do Jardim Botânico seja mais ágil; aquisição de novos equipamentos de uso exclusivo no combate a incêndios florestais, entre outras.

“Temos que aproveitar a experiência dos órgãos envolvidos e analisar friamente esse triste episódio para tirar lições e implementar ações necessárias, para que fatos como esse não se repitam em nossa cidade”, finalizou Gazzetta.

(com assessoria)