MORADIA 09/09/2019 09:07

CDHU entrega 72 casas na segunda-feira em Lençóis Paulista

Foto: Divulgação

A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) entrega nesta segunda-feira, 9, 72 casas populares em Lençóis Paulista, das quais 33 do Conjunto Habitacional Dona Maria do Carmo Cagnon Gasparini II e outras 39 do Conjunto Habitacional Ibaté II. O evento deve contar com a presença do secretário de Habitação do Estado de São Paulo, Flavio Amary, do prefeito de Lençóis Paulista, Anderson Prado, entre outras autoridades.

“Chegamos a etapa final de um longo e complexo processo que envolveu a conclusão dessas 72 casas e também a destinação das casas do Ibaté II às famílias da Vila Contente, que sofreram por décadas com esse problema da enchente, que culminou com a enchente de 2016, a pior da história da cidade. Nesta semana todas essas famílias já assinaram o contrato de financiamento do imóvel junto a CDHU e na próxima segunda-feira, finalmente, vão receber as chaves para enfim transformá-las em um lar”, explicou o prefeito Anderson Prado. “Não posso deixa de expressar realmente minha alegria por entregar essas casas depois de muitos entraves e problemas que enfrentamos e aproveitar para agradecer meus secretários e servidores públicos que não mediram esforços para que todos esses desafios fossem superados, aos técnicos da CDHU, os vereadores e políticos amigos de Lençóis Paulista”, completou o prefeito.

O Governo do Estado investiu R$ 9 milhões nos dois empreendimentos. Os imóveis têm 56,67 m², com dois dormitórios, sala, banheiro, cozinha, área de circulação e de serviço. As moradias incorporam melhorias estabelecidas como padrão de qualidade pela CDHU, como piso cerâmico, rodapé e laje em todos os cômodos, azulejos no banheiro e cozinha, estrutura metálica no telhado, esquadrias de alumínio e aquecedor solar para água do chuveiro. O convênio de construção das 72 casas foi assinado em 2012. No final do ano seguinte, em 2013, as obras foram iniciadas. Problemas técnicos com as empresas licitadas dificultaram o andamento da obra, que foi retomada no ano passado e seguiu até sua conclusão agora.

Dessas 72 casas, 33 foram construídas no Distrito de Alfredo Guedes e vão dar origem ao Conjunto Habitacional Dona Maria do Carmo Cagnon Gasparini II. Essas casas, seguindo critérios da CDHU, foram sorteadas entre moradores do distrito e também entre suplentes do Jardim Ibaté I, localizado na área urbana de Lençóis Paulista.

As outras 39 casas vão dar origem ao Conjunto Habitacional Ibaté II. No caso dessas casas, elas não foram distribuídas por sorteio. Após conversas com a CDHU, a companhia aceitou que estas casas foram destinadas diretamente para 39 famílias situadas na área de risco da Vila Contente, famílias essas que foram afetadas com a enchente de 2016.

Além de acesso facilitado ao financiamento habitacional da CDHU, já que elas não precisaram participar de sorteio, essas famílias também receberam uma indenização pela desapropriação de suas atuais casas na Vila Contente. Nas últimas semanas, essas famílias já receberam um termo de compromisso de doação de um terreno de 200 metros quadrados, que será entregue pela prefeitura em até três anos, e um cheque de R$ 11 mil, para que elas possam providenciar a mudança ou fazer as adequações necessárias na nova casa.

Trabalho em Lençóis Paulista

Na cidade de Lençóis Paulista já foram entregues, contabilizando as 72 unidades desta segunda-feira, 2.114 moradias, além de duas cartas de crédito para famílias da cidade adquirirem seu imóvel no mercado paulista.

O programa Cidade Legal atende um bairro na região pleiteando regularização fundiária, com 26 imóveis. Quando todas essas moradias estiverem regulares, 104 pessoas serão beneficiadas com o recebimento dos títulos de propriedade de seus imóveis. (com informações da assessoria de imprensa da Secretaria de Habitação).

(com assessoria)