ACOLHIMENTO 05/07/2019 09:03

Jaú inaugura Abrigo Institucional para moradores em situação de rua

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Jahu, por meio da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, inaugurou o “Serviço de Acolhimento Institucional em Abrigo para Adultos e Suas Famílias”. Trata-se de um abrigo institucional, que oferece acolhimento provisório, com características residenciais, que proporciona ambiente acolhedor e respeita as condições de dignidade dos seus usuários.

Os moradores em situação de rua poderão passar a noite, tomar café da manhã, almoçar, jantar e tomar banho, por até seis meses no local. Os assistidos terão toda a atenção necessária para serem realocados ao mercado de trabalho e encaminhados à suas famílias ou à internação, de acordo com a situação de cada um.

O abrigo institucional permanente foi concebido após um chamamento público. A empresa AELESAB, uma organização da sociedade civil que realiza serviços da assistência social na cidade de Bauru há 16 anos, será a responsável pela gestão, com o suporte da Prefeitura de Jahu. O objetivo é acolher e garantir proteção integral para as famílias em situação de risco social, contribuir para a prevenção do agravamento de situações de negligência, violência e ruptura de vínculos, além de restabelecer os vínculos familiares e sociais.

Segundo Alexandre Pereira da Silva, Secretário de Assistência e Desenvolvimento Social, trata-se de um anseio antigo da sociedade. “Pegamos o caminho da lei, fizemos o chamamento público de todas as entidades e todos os serviços, e estamos hoje inaugurando junto com a entidade Aelesab de Bauru. O Município precisa desse serviço, um trabalho que a população pede. Temos essa preocupação e esperamos que as pessoas que passem por aqui, se encontrem e aproveitem a oportunidade oferecida pela nossa cidade”.

O secretário ressalta que o abrigo temporário, localizado no Ginásio Flávio de Mello, continuará funcionando. “Os moradores em situação de rua possuem uma diferença entre os públicos, e é necessário um serviço diferente para cada um deles. Por esta razão, o abrigo temporário também seguirá funcionando”.

O abrigo institucional inicialmente irá atender até 25 pessoas, e pode aumentar de acordo com a demanda do Município. Os moradores em situação de rua irão passar por um encaminhamento do Centro POP, após entrevista com assistentes sociais e psicólogos, receberão orientações, além das regras da casa de passagem. O público alvo são pessoas adultas ou grupo familiar com ou sem crianças, que se encontram em situação de rua e desabrigo por abandono, migração e ausência de residência ou ainda pessoas em trânsito e sem condições de se sustentar. Crianças e adolescentes (de 0 a 18 anos incompletos) só poderão ser atendidos neste serviço acompanhados dos pais ou responsáveis.

As pessoas em situação de rua devem procurar o Centro POP, na Rua Botelho de Miranda nº 22, no bairro Chacara Braz Miraglia. A Secretaria de Assistência Social fica na Rua Paissandú nº 690, no centro. O novo abrigo institucional está localizado à Rua Governador Armando Salles 1-95. Para mais informações: (14) 3416-8504.

(com assessoria)