SETEMBRO AMARELO 09/09/2019 09:16

Marília inaugura Centro de Valorização à Vida nesta terça-feira, 10

Foto: Divulgação

Atividades estão sendo realizadas por várias entidades de Marília, em comemoração ao Setembro Amarelo, incluindo faculdades e escolas de diversos níveis de ensino, hospitais, entidades e empresas. A programação da Prefeitura conta com dois eventos de impacto em toda a cidade:

O primeiro acontece no dia 10 de setembro, com a inauguração do CVV (Centro de Valorização da Vida – Núcleo Marília), que irá funcionar no Terminal Rodoviário Intermunicipal, uma parceria entre a organização não governamental e a Prefeitura/Emdurb – Empresa Municipal de Mobilidade Urbana.

O novo espaço contará com voluntários marilienses, conectados na rede que atende pessoas que precisam ser ouvidas, livres de julgamentos e preconceitos. O atendimento é feito pelo telefone gratuito 188 e está disponível em território nacional.

A segunda atividade da Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, será a exibição e discussão do filme Elena (Direção: Petra Costa, Brasil, 2012).

A iniciativa é do Caps Com-Viver (Centro de Atenção Psicossocial). A apresentação será no dia 12 de setembro (quinta-feira), às 19h, na sala de videoconferência do prédio de atividades didáticas da Faculdade de Filosofia e Ciências – Unesp, localizada na rua Hygino Muzzy Filho, 737.

Participam, como debatedores, o médico psiquiatra Klyll Morais Carneiro e os psicólogos Eduardo Becker e Carla Olea. A entrada é franca, mas as vagas limitadas. As inscrições já estão abertas pelo link https://forms.gle/7TTpAZE2hVvuqK9Q7

NOVO TEMPO

Cumprindo seu papel de Poder Público, que visa apoiar famílias e a sociedade em geral no atendimento às pessoas em sofrimento psíquico, a Prefeitura de Marília passou a cumprir importante papel.

Em 2016 o Caps Infantil Catavento (crianças e adolescentes) estava sem nenhum médico psiquiatra. Também faltavam profissionais de outras áreas, como assistência social e enfermagem. Já no Caps Com-Viver, além da falta de servidores em várias áreas, faltava o básico em infraestrutura.

No ano passado, o Com-Viver ganhou casa nova, com a mudança de um imóvel antigo, e inadequado, para uma ampla e moderna instalação perto do Yara Clube (zona leste).

“De imediato ampliamos o atendimento, mas estávamos com a dificuldade do número reduzido de médicos para os Caps. Com as novas contratações, melhoramos o quadro do Com-Viver e, à época, completamos as equipes do Catavento”, disse Simone.

Atualmente são 271 adultos (Com-Viver) e quase 200 crianças e adolescentes (Catavento). Os Caps são “porta-aberta” na rede SUS (Sistema Único de Saúde), ou seja, não necessitam de encaminhamento de outras unidades, basta comparecer para o acolhimento, às 07h, de segunda a sexta-feira.

SERVIÇO

O Caps Com-Viver está localizado na rua Marques de São Vicente, 322, bairro Maria Izabel. O telefone é o (14) 3434-2037. Já o Catavento fica na rua Alcides Nunes, 1.100 (atrás do Lar Amelie Boudet). Mais informações pelo (14) 3451-1660.

(com assessoria)