BAURU 14/05/2018 09:14

Prefeitura inicia implantação do Programa Remédio em Casa

Foto: Divulgação

Com o objetivo de aprimorar o atendimento a pacientes que necessitam de medicamentos de uso contínuo e que, de alguma forma, estão impossibilitados de comparecer a uma Unidade de Saúde, a Secretaria de Saúde de Bauru passa a instituir o Programa Remédio em Casa. 

A apresentação do Programa foi feita no sábado (12) pelo prefeito Clodoaldo Gazzetta e o secretário municipal de Saúde, José Eduardo Fogolin, no auditório do gabinete. 

Participaram ainda do encontro o vice-prefeito, Toninho Gimenez, a Chefe de gabinete, Majô Jandreice, o deputado estadual Celso Nascimento, os secretários Levi momesso (Sagra), Isabel Miziara (Educação), José Carlos Fernandes (Bem-estar), Luiz Eduardo Borgo (Administrações Regionais), Sidnei Rodrigues (Meio Ambiente) Luiz Fonseca (Cultura), além dos vereadores Roger Barude, Fábio Manfrinato, Coronel Meira, Yasmin Nascimento. 

O objetivo principal é disponibilizar o acesso a medicamentos e insumos por meio de entrega domiciliar a pacientes, pré-selecionados, com doenças crônicas e dificuldade de locomoção. Destina-se exclusivamente aos moradores de Bauru, cadastrados e em acompanhamento em uma das Unidades de Saúde da rede municipal: Unidade Básica de Saúde (UBS), Unidade de Saúde da Família (USF), Equipe Multidisciplinar de Atenção Domiciliar (EMAD) e Programa Municipal de Saúde do Idoso (PROMAI). 

O cadastro de usuários será validado por meio de visita domiciliar ou consulta médica realizada por equipe de Unidade de Saúde. Os medicamentos disponibilizados pelo Programa, para os usuários cadastrados e aprovados, serão aqueles de uso contínuo que fazem parte do Componente Básico da Assistência Farmacêutica e da Relação Municipal de Medicamentos. 

Durante o encontro, Fogolin comentou que durante a elaboração do programa, a Secretaria Municipal de Saúde ouviu usuários do SUS e cuidadores de pessoas com dificuldade de locomoção para buscar os medicamentos e insumos nas unidades de saúde. 

“Com a disponibilização dos medicamentos em casa, a Prefeitura de Bauru facilita a vida dessas pessoas que precisam do SUS, bem como amplia o acesso para um cuidado mais digno e integral na área da saúde”. 

Ainda de acordo com o secretário, “cerca de 600 a 1.000 pessoas poderão ter acesso a essa estratégia de cuidado ao longo de sua implementação”. 

A distribuição e a entrega dos demais medicamentos que não são de uso contínuo, que não fazem parte do elenco do Programa Remédio em Casa, como antibióticos e psicotrópicos, seguem os fluxos já estabelecidos na Secretaria Municipal de Saúde para todos os usuários do sistema de saúde municipal, inclusive àqueles cadastrados no Programa, uma vez que seguem resoluções e normativas já previstas e vigentes. 

Critérios de inclusão no Programa 

•Usuários em acompanhamento no Sistema Único de Saúde (SUS) que comprovadamente apresentem dificuldades de locomoção (restrição ao leito; dificuldade de locomoção para fora do domicílio sem acompanhante; usuário do serviço de oxigênio terapia do município; déficit cognitivo que exija de cuidador). 
•Ter comprovadamente residência e domicílio em Bauru; 
•Ter cadastro nas Unidades de Saúde, elencadas em Bauru; 
•Ser acompanhado pela equipe da Unidade de Saúde do município na qual está cadastrado; 
•Fazer uso de medicamentos de uso contínuo padronizados no município 

Além disso, é imprescindível que o usuário seja acompanhado pelo no Sistema Único de Saúde (SUS) e que apresente dificuldades de locomoção para ser incluso no benefício. O Programa Remédio em Casa será gerido pela Secretaria de Saúde que disponibilizará estrutura logística e equipe específica para a dispensação dos medicamentos e insumos, bem como monitoramento do Programa, de acordo com o orçamento previsto.  

 

Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news

(com Assessoria de Imprensa)