SÃO MANUEL 10/08/2018 17:45

Presidente da CDHU autoriza início das obras e recebe pedido de mais casas

Foto: Divulgação

O presidente da CDHU, Humberto Schmidt Oliveira esteve na manhã desta sexta-feira (10), em São Manuel, participando de uma cerimônia pública, onde autorizou oficialmente, o inicio da obra da construção das 200 unidades habitacionais na cidade, que serão construídas no jardim Santa Mônica.  A Construtora e Incorporadora Faleiros é a responsável pela construção das casas que terão 47,87 m2 de área construída, dentro de terrenos acima de 200 m2 e serão entregues com toda a infraestrutura, com água, esgoto, energia elétrica; inclusive com todas as ruas asfaltadas.

Estiveram presentes na cerimônia autorizativa da obra, o prefeito Ricardo Salaro, o presidente da Câmara, Odirlei Felix, os vereadores, Anísio Pette, João Paulo Piovan, Marcos Micheletto, Jacó dos Santos, Alexandra Guimarães e ainda o vice-prefeito de Areiópolis, Antonio Carlos Príncipe, o presidente da Associação Comercial, Delson Scarparo, diretores municipais, Cláudio Batista (Finanças), Tácio Bertozo (Administração), Jô Fuim (Gabinete), Edinho Batistão (Indústria e Comércio), Arnaldo Catalan (Cultura), Tiago Donini (Turismo), Beto Saglietti (Educação), Adilson Vasconcelos (Obras), Márcia de Oliveira (Promoção Social), Paulo Marciolli (Gestão e Serviços), Tony Forti (Comunicação), representantes de entidades assistenciais, eclesiásticos e demais convidados.

Durante a cerimônia que aconteceu no teatro municipal “Alberto Pampado”, o prefeito Ricardo Salaro, ao saudar a presença do presidente da CDHU, mencionou que o Município estava há 20 anos sem receber novas casas e que além das 200 que seriam iniciadas, existia a necessidade da construção de mais casas populares para a população de baixa renda, que não tem condições de aderir aos planos de financiamentos. “Nós já temos três áreas que poderemos utilizar, se a CDHU autorizar”, disse o prefeito. O mesmo pedido fez em nome do legislativo o vereador Marcos Micheletto, através da entrega de um ofício ao presidente da CDHU.

O presidente Humberto Schmidt disse ao prefeito e vereadores presentes que o Município havia perdido, em algum momento, o prazo para a entrega da documentação, quando já havia uma autorização para a construção de novas moradias.  “O importante é que aja uma agilização quanto à escolha do terreno em que se pretende construir essas novas casas, para que possamos analisar e autorizar e ai dar início ao andamento de toda a parte burocrática, com a elaboração de projeto, que nem sempre é feito dentro de um prazo razoável. Sabemos da necessidade da construção das novas casas e acho perfeitamente viável, o atendimento do pedido”, disse o presidente.

O investimento total será de R$ 19.862.195,77, com prazo para a entrega da obra de 18 meses.

CANTEIRO DE OBRAS

Após a solenidade no teatro municipal, o presidente da CDHU acompanhado pelo prefeito municipal e vereadores estiveram visitando o canteiro de obras no jardim Santa Mônica, onde serão construídas as novas casas populares.

A movimentação de funcionários e maquinário já era grande no local e a estimativa da Construtora e Incorporadora Faleiros, responsável pela obra, é que as casas sejam entregues antes do prazo previsto de 18 meses.
 

Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news

(com Assessoria de Imprensa)